segunda-feira, 27 de junho de 2016

Excesso de perfume envelhece pescoço; saiba cuidados especiais


 Alergias e manchas, ocasionadas pelo uso de perfumes e colares, podem comprometer a saúde e a beleza da área cervical

“Os problemas que mais podem surgir na pele do pescoço são as alergias, desencadeadas pelo uso constante de colares de metal e fragrâncias”, explica Carla Bortoloto, dermatologista e professora de pós-graduação da Faculdade de Medicina Souza Marques, em São Paulo. Para evitar as dermatites de contato, é necessário incorporar no dia a dia,alguns procedimentos eficazes.


Limpeza e proteção solar 
A região cervical deve ser tratada sempre como uma continuidade da face, ou seja, os cosméticos aplicados em uma, devem ser espalhados na outra. “É necessária a limpeza diária do pescoço, utilizando água e um sabonete líquido ou em barra, específico para cada tipo de pele”, indica a especialista.
Vale ressaltar que a aplicação do protetor solar também deve ser feita, diariamente, para impedir a formação de manchas e outros problemas associados à luz solar. “Depois que a região é alterada pela ação do sol, fica difícil realizar seu tratamento, por isso, a prevenção é sempre a melhor escolha”, alerta Carla.
Cosméticos recomendados 
Apesar de o pescoço ser menos sujeito à oleosidade e ao ressecamento, é recomendável optar pelo uso de produtos indicados para o seu tipo de pele. Assim, os mesmos cosméticos aplicados na face, como cremes de hidratação e esfoliantes, devem ser usados no pescoço, logo pela manhã.


Quem costuma usar composições com ácido no rosto, também pode passá-las na área cervical, durante a noite. “Essa região é mais suscetível à flacidez de pele e, por isso, o tratamento com ácidos é essencial”, informa a dermatologista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário